The Maker

Junho 22, 2014 00:04
Mais curtas
804
Views
   

Uma corrida contra o tempo, a demanda pela perfeição e, sobretudo, uma lição sobre a importância de cada momento da vida. Mas será que a sabemos aproveitar?

Um ano depois de arrebatar a crítica com “Zero”, em 2010, a dupla australiana Christopher e Christine Kezelos voltou a encantar o público com um novo trabalho. “The Maker” transporta-nos, mais uma vez, a um mundo de fantasia em que uma estranha mas adorável criatura luta contra o fim inevitável para dar vida à mais importante e bela criação.

Pelas palavras do próprio diretor, “The Maker explora a preciosidade dos nossos momentos na Terra, o curto tempo que temos com quem amamos e o propósito da nossa vida e trabalho”. Em apenas cinco minutos e meio – mas que, aqui, significam toda uma geração – a personagem principal desta curta-metragem passa por vários momentos: alegria, amor, perda e até solidão. Porém, depois de uma longa e árdua tarefa, chegou a recompensa.

Sem qualquer fala, toda a obra é acompanhada pela sonoridade de um dos mais populares e inovadores músicos clássicos da atualidade, o australiano Paul Halley. Uma banda sonora de qualidade, que se adapta na perfeição a cada momento de “The Maker”.

“A vida é o que fazes dela”, é o ponto de partida desta obra de animação aclamada pela crítica e que arrebatou corações em todo o mundo. “The Maker” esteve nomeado em mais de 70 festivais internacionais e venceu 22 prémios, entre os quais “Melhor Animação”, no CFC Worldwide Short Film Festival, “Melhor Curta-Metragem”, no Indianapolis International Film Festival, e ainda o “Grande Prémio” do Rhode Island International Film Festival.

Catarina Gomes Sousa
Sobre o autor do artigo
- Jornalista em full-time, apaixonada pela história e por estórias.