samuel-613

Setembro 27, 2016 21:30
Mais curtas
0
Views
   

“samuel-613” retrata a história de Shmilu, um jovem judeu chassídico que enfrenta uma crise de identidade. A personagem principal encontra-se dividida entre as suas origens e as tendências Londrinas de onde vive. Shmilu não se sente integrado com a sociedade, principalmente ao interessar-se por raparigas inseridas noutro meio que não o dele. O jovem sente necessidade de deixar a sua religião, os seus costumes e a sua família.

Billy Lumby, o realizador, é a grande estrela no meio de tudo isto. Ele pretendia fazer algo de diferente e resolveu enquadrar a curta-metragem no seio deste grupo religioso muito pouco falado na atualidade. Conversou com judeus chassídicos reais, infiltrou-se em sinagogas, trabalhou com atores judeus amadores, filmou em casas de judeus, etc. A motivação de Billy para passar para o ecrã uma representação fiel desta secção da sociedade foi crucial para a curta metragem no global.

Tecnicamente, julgo que o usa de câmaras analógicas deu uma grande contribuição para a estética que o filme precisava. Billy soube fazer a edição e pós-produção brilhantemente. As sequências de rebeldia da personagem estão muito fortes.

Iremos certamente olhar para mais trabalhos de Billy. Pelo que já “espreitei”, é um realizador que tenta fazer tudo de forma “diferente”. O mundo precisa de pessoas assim.

Sobre o autor do artigo
- Músico, compositor e licenciado em informática mas acima de tudo um curioso amante de todas as formas de expressão, vulgarmente chamadas de "arte".