8 Bullets

Junho 21, 2016 17:56
Mais curtas
0
Views
   

Esta curta de Frank Ternier explora num tom surrealista a paranóia de homem que vive para vingar um ato de violência para com a sua família, deixando-o à deriva na busca pelo responsável.

Vencedor do Prémio de melhores imagens virtuais no Festival de Curtas-Metragens de Villeurbanne em França, e Melhor Argumento no Toux Courts à Aix em Provença, ainda marcou presença em Nova Iorque, Holanda e Hungria.

Aqui Frank Ternier usa as técnicas de animação como vantagem para poder dar força ao surrealismo de se perder alguém de uma forma tão violenta, deixando para sempre marcas na psique de qualquer pessoa. O homem aparece tão traumatizado que apenas tem uma pequena lembrança de todo o ataque: o cheiro do agressor. Esta é uma lembrança tão forte que o cheiro toma uma forma física e os próprios materiais de animação diferem da aguarela presente na maior parte do filme dando uma dimensão visual ao cheiro intenso que vive na sua memória. Também o ataque do qual foi vitima aparece num tom electrizante de desenhos a caneta, quase que esboçados, numa representação da violência do ato e da memória ‘rabiscada’ e fracturada do homem que busca a sua vingança.

Este agora vê-se num limbo moral de como obter a sua vingança viajando entre memórias confusas do acontecimento, a obsessão pelo cheiro forte do agressor e a escolha final da qual não pode fugir. Até onde lhe levará a sede por vingança?

Vando Campos
Sobre o autor do artigo
- Licenciado em Cinema, é argumentista de profissão e comediante nas horas vagas. Graças ao cativante e imersivo mundo do cinema, vive um paradoxo onde se acha criativo o suficiente para também o fazer, mas não o suficiente a arranjar uma desculpa para sair do sofá e largar os filmes.